O casal Joaquim e Ana pertenciam ao grupo daqueles israelitas que aguardavam alegres e esperançosos a vinda do Messias Salvador como o cumprimento da promessa de Deus. Foram eles quem, precisamente, deram à luz a menina que viria ser a mãe de Jesus. Myriam ou Maria, para alguns estudiosos, nasceu em Nazaré e a festa do seu nascimento é celebrada no dia 8 de Setembro.

Esta menina, desde que foi concebida, esteve sempre isenta do pecado. Sendo predestinada para mãe do Filho de Deus, teve este privilégio, que no século XIX foi definido como dogma de fé. Isso significa que Myriam ou Maria não nasceu contaminada pelo pecado, mas foi sempre cheia de graça, santa, pura. Maria de Nazaré foi concebida sem mancha de pecado original.

Cada um de nós, ao nascer, entrou no mundo como que contaminado pelo pecado que polui a humanidade. Nascemos inclinados para fazer o mal. Mas Maria sem pecado nos recorda (por meio das orações) que, apesar disso, somos chamados a ser santos e imaculados, uma vez que Deus nos criou para ser semelhante a Jesus Cristo, tendo-o como modelo de santidade.

 

Oração

Maria da Natividade,

concebida sem pecado original

desde o primeiro momento da vossa vida,

ajudai-nos a percorrer

o caminho da santidade

seguindo fielmente o seu filho, Jesus Cristo.

Maria da Natividade,

rogai por nós.

 

Fonte: Livro Maio com Maria. Pedrosa Ferreira. Edições Loyola.

Anúncios