Maria e José levaram o Menino Jesus a Jerusalém para apresentá-lo ao Senhor. Foram recebidos e acolhidos por Simeão, que pegou o Menino nos braços e disse: “Posso morrer em paz, pois os meus olhos viram Aquele que vem para ser luz de todos os povos”. Maria e José ofereceram duas pombas e receberam o Menino para o retorno ao lar.

Nesse dia, Maria foi abençoada por Simeão e escutou da sua boca uma profecia: “Este Menino irá ser sinal de contradição e uma espada trespassará sua alma”. Quando São Lucas escreveu esta narração, já tinha visto como a mensagem de Jesus havia sido aceita por uns e rejeitada por outros, a ponto de o condenarem à morte.

No dia da festa de Apresentação do Senhor é costume celebrar o Dia dos Consagrados. Todos nos consagramos a Deus pelo Batismo, mas há alguns que se sentiram chamados a uma consagração mais radical, imitando Cristo pobre, casto, obediente, e vivendo em comunidades fraternas e felizes. São os religiosos e as religiosas. Dedicam toda a sua vida à oração e ao anúncio do Evangelho aos pobres.

 

Oração

Maria da Apresentação,

a Senhora, como Jesus, consagrou o Senhor e foi invocada como

a Rainha das Virgens. Ajudai a todos os consagrados e consagradas de hoje

a darem testemunho do encanto da vida religiosa.

Maria da Apresentação, rogai por nós.

 

Fonte: Livro Maio com Maria. Pedrosa Ferreira. Edições Loyola.

Anúncios